Arquivo da categoria: Resenhas

Guardiões da Galáxia Vol. 2

guardioes-da-galaxia-vol-2-e1480811761660

Existem dois tipos de seres no universo. Os que dançam e os que não dançam.

Peço licença para parafrasear Drax (Dave Bautista) e dizer que existem dois tipos de pessoas. As que gostam e as que não gostam de Guardiões da Galáxia. As que gostam, defendem que os longas se tratam de diversão descompromissada, de filmes cujo propósito é nos fazer retornar à infância, com uma overdose de tiradas cômicas, batalhas espaciais em profusão e personagens cativantes que despertam imediatamente o carinho e preocupação do público. Outros dizem que se trata de um embuste. E algumas das críticas dos (poucos) detratores vocais da franquia, se agravaram com a estreia deste segundo volume, garantindo que o baby Groot (Vin Diesel) e o foco demasiado nele existem apenas para vender colecionáveis; a trilha sonora retrô, ainda mais incrementada, está lá pelo mesmo motivo, o apelo comercial (uma estratégia para disponibilizar a soundtrack em fitas cassete); e que o novo exemplar da franquia se ampara nas mesmas fórmulas e conceitos que consagraram o primeiro. Sem nenhuma novidade, só que mais turbinado.

Continuar lendo Guardiões da Galáxia Vol. 2

Tower

Towe2

É um fato que todas as vezes que abrimos o Netflix, rola aquela dúvida cruel sobre o que assistir. São tantas opções que perdemos horas escolhendo e, algumas vezes, até desistimos. Em um desses dias de dúvida, dei de cara com uma animação chamada Tower. Animação nos remete à infância, diversão e outras coisas do gênero. Mas no caso de Tower, este se assume como um título para adultos e conta a história do primeiro ataque em massa, executado de um ambiente universitário em território americano. Não resisti. E foi uma escolha incrível.

Continuar lendo Tower

Heróis da Resistência

herois-da-resistencia-lp

No longínquo ano de 1986, Leoni – até então baixista do Kid Abelha – deixou o grupo a fim de seguir um novo rumo na música e formou a banda: Heróis da Resistência. Além de continuar tocando baixo, assumiu os vocais. A formação contava com Jorge Shy na guitarra, Lulu Martin nos teclados e Alfredo Dias Gomes na bateria.

Continuar lendo Heróis da Resistência

13 Reasons Why

Começar este texto recorrendo ao empirismo não era, nem de longe, a minha intenção. Mas à medida que fui assistindo aos episódios de 13 Reasons Why, fazendo minhas anotações de modo a elaborar este artigo e lendo diferentes opiniões sobre a série em redes sociais e sites de entretenimento, percebi que analisá-la sem que o espectador leve em conta as próprias experiências pessoais (no tocante a bullying, assédio, depressão e suicídio) é praticamente impossível. É exatamente o empirismo que molda seu ponto de vista com relação a esses tópicos.

Continuar lendo 13 Reasons Why

Sherlock – Series Finale

sherlock

Depois de um longo inverno, durante o qual só tivemos um vislumbre de Sherlock em um delicioso especial de natal passado no icônico século XIX, finalmente a tão esperada quarta temporada da série (ou seria minissérie?) estreou. Bem, para alguns espectadores se tratou de uma grande decepção e desde que eu terminei de ver me faço a mesma pergunta. O suposto final de Sherlock foi ruim? Ou a maioria não entendeu que o protagonista, como qualquer outra pessoa, mudou e essas mudanças se refletem no modo de agir das pessoas  e, portanto, ele não podia ser o mesmo dos dez episódios anteriores!

Continuar lendo Sherlock – Series Finale