Arquivo da categoria: Música

Direto do Meu Coração pro Seu – Léo Jaime

folder

Lançado no ano de 1988, Direto do Meu Coração pro Seu, foi o quarto disco solo do cantor e compositor goiano Léo Jaime. O LP vinha para atestar mais uma vez o talento de um artista que, com o passar dos anos, soube se reinventar a cada trabalho lançado. O álbum trazia algumas baladas e faixas mais puxadas para um rock agitado, no estilo dos anos 1950 e 1960.

Continuar lendo Direto do Meu Coração pro Seu – Léo Jaime

Seu Espião – Kid Abelha

Como já comentado por aqui em artigos passados, o ano de 1984 foi marcado pela ascensão do rock nacional, que crescia exponencialmente no país. Foi nesse ano que a banda Kid Abelha & os Abóboras Selvagens (que já haviam lançado seu compacto de estreia no ano anterior), lançaram o seu primeiro LP, Seu Espião.

Continuar lendo Seu Espião – Kid Abelha

Heróis da Resistência

herois-da-resistencia-lp

No longínquo ano de 1986, Leoni – até então baixista do Kid Abelha – deixou o grupo a fim de seguir um novo rumo na música e formou a banda: Heróis da Resistência. Além de continuar tocando baixo, assumiu os vocais. A formação contava com Jorge Shy na guitarra, Lulu Martin nos teclados e Alfredo Dias Gomes na bateria.

Continuar lendo Heróis da Resistência

Personalidade: Ryan Adams

52449

Ele é uma anomalia da música alternativa. Surgiu nos anos 2000 como a aposta musical que salvaria o cenário já exaurido do country, no entanto, tornou-se um ícone do indie rock, gravou até mesmo disco de black metal e voltou às origens em 2011 com o disco Ashes & Fire. Lançou álbuns consagrados como o Heartbreaker (2000) e Rock n Roll (de 2003, que contém a bela faixa So Alive) e outros inexpressivos como Gold (2001) e Cardinology (2004). Teve seu nome confundido de maneira constante com o do canadense meloso Bryan Adams

Ryan Adams viveu um caso de amor e ódio com o mercado musical nos últimos anos. Largou a carreira por um tempo e escreveu livros de poesia. Casou-se e descasou-se com a estrela do clichê romântico adolescente Um Amor Para Recordar, Mandy Moore, e, recentemente, se envolveu com outra princesa do pop. Não a levou ao altar, mas fez sua releitura alternativa de 1989 da Taylor Swift – um álbum inteiro de covers do disco da cantora. Uma adaptação meio country-folk, meio The Smiths, tornando as canções suportáveis, audíveis e – olhem só! – até mesmo boas.

Tudo isso nos últimos dezesseis anos.

Continuar lendo Personalidade: Ryan Adams