Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Junho (2017)

A clássica história de Lady Jane em uma versão totalmente fictícia; o novo romance da autora de Pequenas Grandes Mentiras, que originou a série de sucesso Big Little Lies da HBO; e o mais recente volume da série literária Noivas da Semana são os destaques literários do mês de junho. Não deixe de conferir as sinopses dos lançamentos antes de passar na livraria:

Caraval – Lembre-se, É Apenas um Jogo
Stephanie Garber

caraval

Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele. Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível. O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Uma História Entre Nós
Isa G

Duas pessoas se encontram por acaso. Ela, intensa, sentimental, profunda. Ele, racional, calado, temeroso. E então tem início uma história. Mas o passado muitas vezes assombra o presente, e nem sempre as coisas acontecem como queremos… Em Uma História Entre Nós, Isa G., do perfil @amargoemeio, do Instagram, constrói uma delicada e autêntica narrativa, usando o mesmo estilo de frases que a consagrou nas redes sociais. “A Isa é doce, porém não enjoativa. Escreve com candura, mesmo que no fundo tenha suas doses, necessárias, de amargor. Neste livro ela traz histórias de amizade, amor e saudade que, entre frases, se entrelaçam e nos brindam com um sorriso; pois ela sempre sorri fácil e, como consequência, faz a gente sorrir também.” – Fred Elboni, autor do best-seller Um Sorriso ou Dois.

Esposa Até Segunda – Noivas da Semana
Catherine Bybee

O segundo livro da série Noivas da Semana. Carter Billings: com seus cabelos loiros, olhos azuis e beleza hollywoodiana, ele pode ter a mulher que quiser. Mas, quando decide concorrer à vaga de governador do estado da Califórnia, Carter sabe que vai precisar abandonar a vida de solteiro e se tornar um homem de família. E para isso ele precisa de uma esposa. Entra Eliza Havens, que gerencia a agência de casamentos Alliance. Eliza Havens: ela está feliz por sua amiga Sam ter arrumado um marido rico e atraente. Só tem um detalhe que a deixa louca da vida: o melhor amigo dele, o sexy e ousado Carter Billings. Eliza nunca brigou tanto com um homem — e nunca conheceu alguém que mexesse tanto com ela. Juntar pessoas solitárias é a maneira como Eliza ganha a vida, porém um obscuro segredo do passado a faz descartar totalmente a possibilidade de se casar. Pelo menos foi assim até agora…

Amor de Todas as Formas
Tatiana Amaral, M. S. Fayes, Raiza Varella, JC Ponzi e Mila Wander

Não existe um jeito certo de amar nem a hora certa para o amor chegar. O amor pode aparecer no supermercado depois que a porta se fechar, que mal tem? Ou quem sabe aparecer através de uma forma pura, meiga e delicada como em uma linda dança de balé? Ao espiar por uma janela proibida, quem sabe você se depara com aquele garoto de olhos azuis que sonha? Você pode viver uma aventura deliciosa, mesmo não parecendo muito correta, e essa aventura aquecerá seu coração. O destino tem, sim, o poder de unir dois corações de caminhos opostos, afinal, no amor não existe impossível. Todo dia é dia de comemorar o amor. O importante é abrir o coração, sair do convencional, driblar as asperezas da vida, estar pronto para dar um fora na rotina e viver todos os dias uma grande paixão. Experimente o Amor… De Que Forma? Não importa! O Que Importa Mesmo É Se Entregar Ao Amor De Todas As Maneiras.

Amos e Masmorras – A Missão
Lena Valenti

Desde o momento em que os agentes Markus Lébedev, da SVR, e Leslie Connelly, do FBI, se conheceram nas Ilhas Virgens, durante a missão Amos e Masmorras, algo tinha ficado bem claro: a tensão sexual e o desejo iam acabar com os dois. Agora, eles terão que trabalhar juntos para tentar desarticular uma das principais redes de tráfico humano da Rússia. Essa nova missão, nos Reinos Esquecidos, vai pôr à prova o profissionalismo, a ética e os valores de cada um. Nesse caso, dividido em duas partes, colocar o coração em risco pode significar perdê-lo para sempre. Lena Valenti volta a surpreender e a fascinar com uma trama incrível, cheia de sensualidade, amor, bom humor, originalidade e reviravoltas inesperadas e engenhosas, repletas de reencontros e de cenas de tirar o fôlego. Markus e Leslie vão cativar os leitores mais exigentes, em uma história de extremos na qual a violência e a realidade mais vil se contrapõem à ternura e à compaixão, ensinando importantes lições.

Geada e Noite
Sara Raasch

Angra está vivo, sua Ruína está se espalhando – e ninguém está a salvo. Meira fará de tudo para salvar seu mundo. Com Angra tentando derrubar suas defesas, ela precisa aprender a controlar sua própria magia desesperadamente – então quando o líder de uma mistoriosa Ordem de Paisly se oferece para ensiná-la, Meira agarra a oportunidade. Mas o necessário para impedir a Ruína está escondido em um labirinto subterrâneo, abaixo dos Reinos Estações. Para derrotar Angra, Meira terá que adentrar o labirinto, destruir a própria magia que ela está aprendendo a controlar – e fazer o maior sacrifício de todos. Mather fará de tudo para salvar sua rainha. Ele precisa unir os Filhos do Degelo, achar Meira – e finalmente confessar como realmente se sente. Mas com um plano de ataque que não poupa nenhum reino e uma surpreendente traição em seus ranques, ganhar a guerra – e proteger Meira – está cada vez mais fora de alcance. Ceridwen fará de tudo para salvar seu povo. Angra ordenou a morte de seu irmão, roubou seu reino e a fez prisioneira. Mas quando ela é solta por um aliado inesperado que revela uma verdade chocante sobre o mercado de escravos de Verão, Ceridwen deve agir para salvar seu verdadeiro amor e seu reino, mesmo que isso custe o pouco que ela ainda tem. Enquanto Angra espalha a Ruína pelo mundo, Meira, Mather e Ceridwen deverão unir os reinos de Primoria… ou perder tudo.

Minha Lady Jane
Cynthia Hand, Brodi Ashton, Jodi Meadows

Toda história tem sempre duas versões… Inglaterra, século XVI, dinastia Tudor. O jovem Rei Eduardo VI está à beira da morte e o destino do país é incerto. Para evitar que o poder caia em mãos erradas (leia-se: nas mãos de Maria Sangrenta), Eduardo é persuadido por seu conselheiro a nomear Lady Jane Grey, sua prima e melhor amiga, como a legítima sucessora. Aos 16 anos, Jane está em um relacionamento muito sério com seus livros até ser surpreendida pela trágica notícia de que terá de se casar com um completo estranho que (ninguém lembrou de contar para ela) tem um talento muito especial: a habilidade de se transformar em cavalo. E, pior ainda, descobre que está prestes a se tornar a nova Rainha da Inglaterra! Arrastada para o centro de um conflito político, Jane suspeita de que sua coroação na verdade esconde um grande plano conspiratório para usurpar o trono. Agora, ela precisa definitivamente manter a cabeça no lugar se… Bem, se não quiser literalmente perder a cabeça. Um rei relutante, uma rainha-relâmpago ainda mais relutante e um nobre (e) garanhão puro-sangue que não se conformam com o destino que lhes foi reservado; uma história apaixonante, envolvente, cativante, sedutora… e mais uma porção de sinônimos que só Lady Jane seria capaz de listar. Tudo com uma leve semelhança com os fatos históricos… Afinal, às vezes, a história precisa de uma mãozinha.

Dezesseis
Rachel Vincent

Em um mundo em que todos são iguais, uma garota se destaca por sair do padrão. Uma história promissora e de ritmo acelerado, escrita por Rachel Vincent, autora best-seller do The New York Times. “Nós temos cabelos castanhos. Olhos castanhos. Pele clara. Somos saudáveis, fortes e inteligentes. Mas só uma de nós já teve um segredo.” Dahlia 16 vê seu rosto em toda multidão. Ela não tem nada de especial – é apenas uma entre as outras cinco mil garotas que foram criadas visando o bem da cidade. Ao conhecer Trigger 17, porém, tudo muda. Ele a considera interessante. Linda. Única. Isso significa que ele deve ser defeituoso. Quando Dahlia não consegue parar de pensar nele – nem resistir a procurá-lo, ainda que isso signifique quebrar as regras – ela percebe que deve ser defeituosa também. Mas, se ela for defeituosa, todas as idênticas também são. E qualquer genoma com defeito descoberto deve ser recolhido. Destruído. Ser pega com Trigger não apenas selaria o destino de Dahlia, mas o das cinco mil garotas com o mesmo rosto. No entanto… e se Trigger estiver certo? E se Dahlia for mesmo diferente? Subitamente, a garota que sempre seguiu todas as regras começa a quebrá-las, uma a uma…

Até Que a Culpa Nos Separe
Liane Moriarty

O novo romance da autora de Pequenas Grandes Mentiras, que inspirou a série sucesso da HBO Big Little Lies. Amigas de infância, Erika e Clementine não poderiam ser mais diferentes. Erika é obsessivo-compulsiva. Ela e o marido são contadores e não têm filhos. Já a completamente desorganizada Clementine é violoncelista, casada e mãe de duas adoráveis meninas. Certo dia, as duas famílias são inesperadamente convidadas para um churrasco de domingo na casa dos vizinhos de Erika, que são ricos e extravagantes. Durante o que deveria ser uma tarde comum, com bebidas, comidas e uma animada conversa, um acontecimento assustador vai afetar profundamente a vida de todos, forçando-os a examinar de perto suas escolhas — não daquele dia, mas da vida inteira. Em Até Que a Culpa Nos Separe, Liane Moriarty mostra como a culpa é capaz de expor as fragilidades que existem mesmo nos relacionamentos estáveis, como as palavras podem ser mais poderosas que as ações e como dificilmente percebemos, antes que seja tarde demais, que nossa vida comum era, na realidade, extraordinária.

Lilian Alipio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s