Mapa de Estreias: Os Pilotos da Fall Season 2016

Em setembro, como de costume, foi dada a largada para uma nova temporada de estreias e, como vocês já sabem, pilotos pipocam adoidado – comédias escrachadas, dramas, dramédias, suspense… Tem para todos os gostos. Porém, lamentavelmente, a maioria deles não vinga. De qualquer forma, nós não estamos aqui para julgar a continuidade ou não do programa e, sim, para falar do meu maior vício: pilotos.

Vocês sabem que ver tudo o que estreia é impraticável, mas assisto muita coisa. Lembrando que as impressões aqui expressas tratam-se apenas da opinião da autora sobre o episódio inaugural da série. Se a trama vai durar, tornar-se um clássico ou se converter em uma grande tragédia, é um assunto para mais tarde.

Creio que, este ano, o já conhecido guia de pilotos ou mapa de estreias contará com mais edições, pois o vício é sempre terrível e incontrolável.

This is Us

nbc-this-is-us-aboutimage-1920x1080-ko

Difícil definir o estilo de uma das primeiras séries da fall season a ganhar temporada completa. O que se supõe com isso é que ela tem grandes chances de ser renovada para 2018. Porém, o assunto é o primeiro episódio. Este acompanha a história de diversas pessoas que aniversariam exatamente na mesma data. Será que há alguma outra unidade em comum entre eles além de terem nascido no mesmo dia? Um ator de uma comédia de sucesso, mas sem profundidade; a gêmea do ator que se encontra acima do peso; um homem em busca do pai que o abandonou ao nascer; e um casal que espera trigêmeos são os protagonistas da nova investida da NBC. This Is Us tem um piloto impecável. Todavia, leva à seguinte pergunta: a história vai render? Sinceramente, eu não sei. De qualquer modo, o piloto instiga o espectador a conferir o segundo episódio e, se este for tão lindo quanto o primeiro, grandes chances de estarmos vendo surgir um novo clássico da telinha.

Bull

ufbull_pres_cleared_c429_hr01_prores422_p_885059_640x360

Americanos amam um procedural. Se você, por acaso, não está familiarizado com o termo, procedurais tratam-se daqueles shows que apresentam um caso diferente toda semana, que começam e terminam no mesmo episódio, sem que haja continuidade. A trama de Bull gira em torno de um psicólogo que promete dar ao seu cliente o júri ideal. Isso é real ou uma grande enganação? Não sei, mas se você se meter em uma grande encrenca, irá querer o Dr. Bull junto aos seus advogados para te livrar dela. A produção da CBS é inspirada no início da carreira do Dr. Phil McGraw, fundador de uma das mais sólidas empresas de consultoria de julgamento existentes.

Notorius

notorius

A série da ABC acompanha os bastidores de um programa de televisão a cabo e a união insólita entre o advogado que tem seus clientes envolvidos em um assassinato e a produtora do programa. O piloto foi bom, mas a partir do momento que o crime é resolvido, ainda teremos bala na agulha para a continuidade do show? Detalhe: o programa é baseado em um caso real.

Designated Survivor

designated-survivor-release-date-807

Primeiro susto que a produção da ABC nos dá: Kiefer Sutherland agora é o presidente dos Estados Unidos e não mais o Jack Bauer. Assisti ao episódio sem pretensão, mas a verdade é que o show é bom e promete interessantes plots twists ao longo da narrativa. Óbvio que investe em alguns clichês típicos do estilo, mas Sutherland está seguro no papel, saindo de sua zona de conforto e isso é sempre digno – afinal poderia correr o risco de ser eternamente Jack Bauer.  Na trama, ele é um secretário habitacional demissionário que, em sua última noite no cargo, é escolhido como o “sobrevivente necessário” do título. E o que seria isso? Trata-se de uma pessoa que fica distante do lugar onde um grande evento acontece e, portanto, protegido de alguma eventual calamidade. Logo, se caso algum incidente ocorrer, ele assume a presidência. De fato, ocorre um atentado e Tom Kirkland, personagem de Sutherland, torna-se presidente. Acredito que a história dá o maior caldo.

The Exorcist

the-exorcist

A moda das refilmagens ainda não passou. Desta vez, um dos maiores clássicos do cinema de horror é revisitado pela Fox. O piloto foi coeso, porém, teve um grande defeito: ao menos em mim, não causou nenhum pingo de medo e isso, para uma série que se propõe a fazer uma releitura de um dos filmes de terror mais emblemáticos de todos os tempos, é mau sinal. Mas vamos dar uma chance para ver se o negócio engrena.

Adendo: o nosso amado guia volta em uma próxima edição com Richard Armitage, o retorno de MacGyver e Aftermath… No mínimo.

Gaby Matos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s