O Concreto Já Rachou – Plebe Rude

plebe-rude-o-concreto-ja-rachou

O Concreto Rachou e quatro rapazes de Brasília aproveitaram e chegaram com tudo em 1986, sem dúvida, um ano marcante para o cenário do efervescente rock nacional.

Este foi o disco que apresentou a banda Plebe Rude para o Brasil. E começaram com o pé direito, uma vez que o álbum tornou-se um clássico praticamente instantâneo.

O Concreto contém apenas sete faixas. De acordo com uma entrevista concedida pela banda para a extinta revista Bizz (edição de setembro de 1987), eles até desejavam inserir mais músicas no disco, porém, a gravadora Odeon quis lançar um novo produto no mercado musical, chamado de mini-LP, como fizeram com várias outras bandas que estrearam naquele ano. Apesar disso, foram poucas faixas e muito sucesso.

As músicas acabaram representando hinos para os jovens que curtiam rock na época, como é o caso de Até Quando Esperar e Proteção – até hoje as mais memoráveis da carreira da banda.

cd-plebe-rude-o-concreto-ja-rachou-lacrado-e-raro-13797-mlb2811695844_062012-f

Na lista divulgada pela revista Rolling Stone Brasil apresentando os cem melhores discos nacionais, O Concreto Já Rachou apareceu na 57ª colocação.  Recentemente, o álbum que completa 30 anos agora em 2016, também foi lançado em CD. Uma curiosidade é que o disco foi  produzido pelo vocalista d’Os Paralamas do Sucesso, Herbert Viana.

Para quem é fã de um som de qualidade e atemporal, deve escutar esse trabalho da Plebe Rude que não só mostra o melhor do grupo, como é um dos trabalhos mais representativos do rock de Brasília que surgiu durante aquela década.

Adryz Herven

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s