Chicago Med

chicago med dick wolf
O rei do procedural, Dick Wolf, e o elenco de Chicago MED, seu novo spin off

Existem algumas lendas vivas no mundo seriemaniaco e uma delas atende pelo nome de Dick Wolf. Ele é responsável pelo primeiro grande procedural do meio. Para quem não sabe, procedural é aquele tipo de série que se concentra em historias independentes a cada capítulo. Portanto, não é necessário que você assista aos episódios na sequência para compreender a historia, já que cada um trata de um caso especifico – isto é, uma trama que se inicia e se conclui no mesmo capítulo. Law & Order, conhecido no Brasil como Lei & Ordem durou várias temporadas, gerando dois spin-offs (séries derivadas): Criminal Intent e SVU. O último continua no ar e se encontra em sua 17ª temporada, mostrando uma força quase inexistente do gênero atualmente.

Acredito que Wolf seria incapaz de ficar quieto por muito tempo, sem criar spin-offs. Com isso em mente, há quatro anos, Wolf saiu dos tribunais de Nova York e foi para Chicago produzir uma série sobre bombeiros. Nem precisa dizer que a grande atração de Chicago Fire, inicialmente, eram os próprios bombeiros e seus belos corpos . Mas a série mostrou seu potencial e a mania de criar séries derivadas da original voltou com força total. Assim, surgiu primeiramente Chicago PD que se passa  dentro de uma delegacia de policia. A produção derivada é cheia de personagens fortes e bem construídos. Aliás, tão bem construídos que o protagonista é um policial que foi preso por corrupção e, óbvio que para justificar o spin-off, sua prisão foi ocasionada por um dos bombeiros da serie Chicago Fire.  Hank Voight é um personagem fora de série. Todos os seriados gostariam de ter um personagem como Voight integrando seus times.

Como apenas duas séries parecia pouco, Wolf criou uma terceira: Chicago Med, completando a trilogia. Esta se passa em um hospital e a escolha por este cenário é um tanto lógica e clichê. Temos um corpo de bombeiros, um departamento de polícia, claro que faltava o hospital, certo?

Trilogia Chicago: os bombeiros de CF, os policiais de PD e os médicos de MED

O piloto da nova atração televisiva derivada de Chicago Fire foi muito bom. Talvez porque eu já acompanhava às outras duas citadas anteriormente e já estava habituada com a aparição de alguns personagens, como é o caso do psiquiatra Dr. Daniel Charles,  que foi um dos protagonistas do piloto. Quem arriscou ver Chicago Med sem ter visto as outras previamente, não sentiu problemas também, afinal elas podem ser derivadas, mas tratam-se de produtos diferentes.

O episódio teve clichês? Óbvio. Mas clichês bem trabalhados não são ruins de se ver. O médico gostosão, a disputa entre dois médicos que culminam naquelas rixas que se estendem por temporadas sem fim… Hey, estamos falando de Wolf, nós nunca podemos antever quantas temporadas uma série dele vai durar.

Se você não conhece a Chicago de Wolf e curte um procedural, corre pra ver!

Gaby Matos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s