Fanmade / Mashup: O Motorista de Táxi encontra O Abutre

nightcrawler-taxi-driver

Provavelmente, se você assistiu a Taxi Driver de Martin Scorsese e Nightcrawler (que por estas bandas recebeu o infeliz título de O Abutre) de Dan Gilroy, os comparou em algum momento. É inevitável. Certamente, você percebeu que os pôsteres são bem parecidos, as premissas de ambos os filmes também guardam algumas similaridades… mas, claro, também tem suas distinções.

Em um dos longas mais memoráveis da filmografia de Scorsese, Robert De Niro vive Travis Bickle, um jovem veterano do Vietnã que começa a trabalhar como motorista de táxi em Nova York e se depara com toda a podridão da cidade. A princípio, mostra-se desajeitado, solitário, quieto e com dificuldades para se relacionar com as pessoas. Após seu caminho cruzar com o de Iris (Jodie Foster), uma garota de 12 anos que costuma se prostituir e desperta nele um inegável sentimento de proteção, seu caráter violento e explosivo vem à tona. Excelente atuação de De Niro que compõe um personagem intenso, de nunces diversas.

Já a pequena obra-prima O Abutre, filme de estreia do promissor Dan Gilroy, acompanha o ganancioso sociopata Lou Bloom que ao conhecer o trabalho de uma equipe de filmagem freelancer – cuja finalidade é sair em busca de acidentes e crimes no meio da madrugada – se encanta com essa vertente sensacionalista do jornalismo. Desempregado e sem educação formal, decide se arriscar nesse perigoso universo. Para tanto, vende sua bicicleta a fim de comprar uma câmera de vídeo e um rádio de modo que possa acompanhar a frequência da polícia. Em busca da imagem perfeita, ele não se importa em manipular a cena do crime. Um dos melhores filmes de 2014.

nightcrawler-taxi1

Em ambos os longas, os personagens se deparam com o caos noturno da cidade, mas o encaram de diferentes maneiras. Em Bickle desperta o desejo de fazer justiça com as próprias mãos. Em Bloom desencadeia uma sede de ascensão profissional às custas do sofrimento alheio.

De qualquer forma, Travis Bickle e Louis Bloom vivem em universos similares, mergulham de cabeça na perigosa atmosfera urbana; no constante frenesi das ruas durante às madrugadas. Tanto Bloom quando Brickle trabalham no período noturno e defrontam-se com o submundo do crime, presenciando violência, assassinatos e prostituição. Além de os dois serem um fracasso quando se trata de cultivar relações sociais e manter uma vida pessoal além do trabalho. Travis até se esforça, mas não obtém sucesso. Já Bloom não se importa mesmo. Pessoas só o interessam se são vítimas de tragédias que ele possa filmar, ou se vão ajudá-lo a crescer na carreira.

O vídeo abaixo destaca a proximidade entre os filmes e os personagens. De autoria do editor Jorge Luengo Ruiz (também responsável pelo belíssimo mix entre Ela e Encontros e Desencontros, que já foi destaque por aqui), a montagem é excelente, apresentando um panorama destas duas obras-primas cinematográficas e as situando em um mesmo universo ficcional. Outra dica de mashup excepcional!

Andrizy Bento

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s