Personalidade: Super Heróis Marvel

Como é bom esse negócio de ser fã. Só fã entende o que é se emocionar com alguns rabiscos coloridos e balões de fala na página de uma revista. O que é vibrar no cinema ao ver uma adaptação bem feita de uma história em quadrinhos. O que é agarrar o braço do indivíduo da poltrona ao lado e dizer: “Eu esperei tanto para ver essa cena”.

Há alguns anos, me disseram que, um dia, num futuro não muito distante, eu deixaria essas minhas paixões de infância, os super-heróis, no passado. Que eu deveria largar minhas “revistinhas” (tenho profunda aversão a quem chama de “revistinhas” as minhas HQs), pois, quando eu crescesse, a realidade com que eu me depararia, faria com que tudo isso perdesse o encanto. Essas profecias tolas me incomodavam. Não porque eu realmente acreditasse nisso – a verdade é que nunca conseguiram me convencer totalmente – mas, sim, porque estavam acusando-as de coisas de criança. Espere aí! São minhas paixões de infância mas isso não significa que sejam realmente infantis.

b426bae3371c46dddfd3305be3504757

Continuar lendo Personalidade: Super Heróis Marvel

Gotham

gotham1

Produzida pela Warner Bros em parceria com a DC Entertainment e transmitida pela emissora norte-americana Fox, Gotham, desde o começo, mostrou ser mais uma trama policial centrada no início da carreira de James Gordon, interpretado por Benjamin McKenzie (em ótima forma e mais bem fotografado do que nunca), do que uma adaptação dos quadrinhos de Batman, disposta a ser fiel ao cânone das HQs. A ação ocorre na sombria e decadente cidade de Gotham City, já velha conhecida dos leitores do Homem-Morcego. Aos poucos, a mitologia da cidade vai sendo desenvolvida, e esta se torna cada vez mais caótica, apodrecida e corrupta.

Continuar lendo Gotham

Vencedores do Emmy Awards 2015

Game of Thrones foi uma das campeãs da noite, com quatro estatuetas
Game of Thrones foi uma das campeãs da noite, com quatro estatuetas

Ontem, 20 de setembro, finalmente foram anunciados os vencedores do Emmy 2015, a maior e mais importante premiação da televisão americana. Apresentado por Andy Samberg, a 67ª edição do evento consagrou as séries  Olive Kitteridge  e Game of Thrones como as grandes campeãs da noite com seis e quatro estatuetas respectivamente.  Confira abaixo a lista dos principais vencedores:

Continuar lendo Vencedores do Emmy Awards 2015

Fanmade / Mashup: O Motorista de Táxi encontra O Abutre

nightcrawler-taxi-driver

Provavelmente, se você assistiu a Taxi Driver de Martin Scorsese e Nightcrawler (que por estas bandas recebeu o infeliz título de O Abutre) de Dan Gilroy, os comparou em algum momento. É inevitável. Certamente, você percebeu que os pôsteres são bem parecidos, as premissas de ambos os filmes também guardam algumas similaridades… mas, claro, também tem suas distinções.

Continuar lendo Fanmade / Mashup: O Motorista de Táxi encontra O Abutre

Hannibal

Despedir-se é sempre difícil. Existe um programa, que é exibido no canal por assinatura GNT, chamado Chegadas e Partidas que, nem preciso dizer, tem como foco a partida. A apresentadora Astrid Fontenelle fica no aeroporto atrás de interessantes histórias dos passageiros. Mesmo a emoção da chegada veio após uma partida, por vezes, dolorosa. Despedir-se de um ente querido que falece, por exemplo, é terrível. Imaginar que a pessoa que você ama não vai estar mais lá para curtir os bons momentos, ou mesmo para reclamar com você, é deprimente.

Você deve estar pensando: aonde eu quero chegar com esse lenga-lenga sobre despedidas? Qual é o seu sentimento ao se despedir de uma série? Admita: a despedida de uma série é tão difícil  quanto as despedidas vistas por Astrid em seu programa. Principalmente se a despedida for uma infeliz surpresa consequente da “maledetta” audiência americana. Sim, nós também dependemos dela…

A grande despedida do ano, até agora, foi a de Hannibal, show exibido pelo canal norte-americano NBC, famoso por ser um cancelador contumaz. Digo com experiência: Hannibal resistiu mais do que eu esperava.  A proposta era ser um prequel de O Dragão Vermelho, livro que faz parte da trilogia de Thomas Harris, também composto por O Silêncio dos Inocentes e Hannibal. Em Dragão Vermelho, e na série derivada da obra literária, o ‘parceiro’ de Dr. Lecter é Will Graham. A escolha do showrunner Bryan Fuller de contar a historia do Dr. Lecter pelo olhar de Graham foi corajosa e arriscada, pois acredito eu que a maioria do público sempre estará contaminado pela Clarice Starling de Jodie Foster de O Silêncio dos Inocentes – papel pelo qual a atriz ganhou o seu segundo Oscar de melhor atriz, em 1992.

Continuar lendo Hannibal