True Detective

Nova série da HBO, se apoia no carisma e talento dos protagonistas, Woody Harrelson e Matthew McConaughey, e em um roteiro afiado e inteligente

São inúmeros fatores que te levam a ver uma série. Para viciados como eu, não precisa de muito. Eu sei que muita gente vai dizer: “mas você ainda não viu Breaking Bad“. Eu sei, isso é uma mancha indelével no meu currículo. Mas eu juro que eu vou reparar esse dano. Mas não é de Breaking Bad que eu vim falar, mas de outra maravilha televisiva. Posso ser acusada de estar fazendo muito oba oba. Mas True Detective é a melhor coisa no ar ultimamente.

Ela pode ter um ritmo lento e uma dinâmica diferente de outros produtos do gênero. Mas como diria um amigo, True Detective é serie de ator. O grande astro não é nada extraordinário como tufões, coisas de outro mundo, fenômenos e afins. A grande marca da série são as pessoas que a fazem.

Temos dois polos distintos. Rustin Cohle e Martin Hart (respectivamente Matthew McConaughey e Woody Harrelson, impecáveis).  Uma dupla de detetives que investigou um assassinato misterioso no passado. Cada um, em um momento diferente, é entrevistado por policiais não identificados – não sabemos se são de uma corregedoria ou FBI – mas  temos conhecimento de que esses policiais querem informações sobre o tal crime resolvido por eles há muitos anos.

Você pode estar pensando: “isso é um simples procedural”. E eu digo não! Não é. Nós temos um crime que, conforme avançam os episódios, vamos conhecendo os detalhes além de nos aprofundarmos mais na vida pessoal dos dois. E o background de ambos os personagens é de uma riqueza sem fim. Qualquer analista amaria cuidar daquelas duas cabecinhas.

A série te joga algumas perguntas, mas, nos primeiros episódios, a principal delas é a respeito das diferenças físicas e psicológicas de Martin e Rustin. Por que um saiu da polícia e virou um bêbado inveterado e outro seguiu com a carreira? Talvez a chave de tudo esteja no episódio 5. Aquele crime muda a vida dos dois radicalmente.

O programa só terá oito episódios. Extensão de série inglesa (amo!). Não percam essa preciosidade da HBO!

P.S.  Fica a pergunta: E aí, você já viu BrBa? Eu me escondo de vergonha e respondo: ainda não! Mas eu juro que, depois que uma certa amiga souber que eu finalmente terminei BrBa, vocês serão os próximos.

Beijos e até a próxima!

Gaby Matos

Anúncios

Uma opinião sobre “True Detective”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s