Life on Mars – Descoberta durante um hiatus

Olá.

É engraçado, para mim, definir ou escrever algo sobre séries. As vejo há tanto tempo que nem sei precisar quanto. Será que a primeira foi Barrados no Baile ou Profissão Perigo? A verdade é que eu sempre as amei e na verdade não imaginaria minha vida sem elas.

Por causa dessa paixão que eu recebi o convite pra escrever nesse espaço. E espero que nos divirtamos bastante.

A paixão seriemaniaca pode ser dividida em pré-banda larga e pós-banda larga. O advento da internet rápida nos apresentou a um mundo perfeito que tornou possível o compartilhamento de arquivos. Os antes reféns da TV, agora tinham a sua disposição tudo o que o mundo seriemaniaco amava e tinha a oferecer. Episódios e mais episódios.

Nos familiarizamos com termos até então desconhecidos: temporada, audiência, demo, summer season e um dos mais temidos por qualquer seriemaniaco: o hiatus. E talvez o mais temido de todos, a sombra do cancelamento.

A verdade é que entra ano e sai ano e você sempre promete que, naquela temporada, não vai incluir nada no seu imenso menu de series. Mas a verdade (não conta pra ninguém, é um segredo só nosso): Eu não resisto a um bom piloto.

Não  vou fazer nenhuma lista de bons pilotos. Listas não agradam ninguém! Porque simplesmente não existe um lugar comum. Alguém sempre vai discordar.

Então, para inaugurar esse espaço, vou falar de uma experiência vivida  por mim há algum tempo.

Acreditem se quiser, eu, a seriadora inveterada e shippermaniaca, estava em crise. Vivíamos o tempo entre maio e setembro, quando as series americanas geralmente entram em hiatus (preparem-se que esse termo vai aparecer muito por aqui na coluna de séries). As series de verão não eram atrativas. Resumo da ópera: eu estava em desespero, não existia nada de bom pra ver.

Lendo o legendado da Claudia Croitor, encontrei a recomendação de uma serie da BBC, Life on Mars. A historia tem um dos plots mais incríveis de que já ouvi falar.

Um policial tem sua namorada sequestrada pelo seu pior inimigo. O bandido que ele perseguia na época. Voltando para a delegacia, ele sofre um acidente. E o gancho da  história surge. Sam, o policial, acorda em 1973. Ele esta morto ou está em coma? Será que ele conseguirá de alguma forma voltar para casa? Como um policial do século XXI vai se virar na Londres decadente dos anos 70? A serie é sensacional, além de contar com uma trilha fantástica. Rendeu até um spin off chamado Ashes to Ashes, esse passado nos anos 80. Além de um remake americano dispensável (como é de praxe).

Segundo consta, o ator inglês que viveu  o personagem principal da série não queria ficar eternamente estigmatizado como Sam Tyler de Life on Mars.

Com isso, tivemos apenas duas temporadas dessa serie incrível. Mas Life On Mars sempre estará no meu coração porque salvou o meu hiatus naquele ano e me apresentou às maravilhosas series da BBC.

Até a próxima.

Gaby Matos

 

 

 

Anúncios

Uma opinião sobre “Life on Mars – Descoberta durante um hiatus”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s