Meia Década de Bloggallerya!

E dá para acreditar que já estamos há meia década no ar? Pois é, cinco anos de blog e só temos a agradecer a todos aqueles que fizeram e fazem parte desta história. Obrigada pelo apoio, visitas, divulgação e curtidas. Obrigada aos membros da comunidade blogueira do wordpress que nos seguem, favoritam e indicam o Bloggallerya em seus respectivos sites. Temos um público pequeno, sim. Mas extremamente fiel.

Nessa meia década de vida, muita coisa já rolou, muita gente já passou por aqui e muito conteúdo foi produzido. São 423 posts até o momento, quase 35. 600 visitas, e a gente continua falando de coisa boa: cinema, quadrinhos, séries de TV, literatura, música e muita nostalgia. Exatamente como há exatos cinco anos, quando o blog foi inaugurado em 4 de julho de 2011😉

Continuar lendo Meia Década de Bloggallerya!

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Dezembro (2016)

Nada de muito atraente dentre os lançamentos do universo literário neste mês de dezembro. Para os fãs de Gilmore Girls, tem Lauren Graham contando toda a sua jornada em Hollywood, inclusive dando detalhes do reboot da série que a consagrou. E para os fãs da youtuber e atriz de Carrossel, tem o diário da Maisa Silva… Pois é, cada um com sua it girl, não é mesmo?  ;)

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Dezembro (2016)

Personalidade: Ryan Adams

52449

Ele é uma anomalia da música alternativa. Surgiu nos anos 2000 como a aposta musical que salvaria o cenário já exaurido do country, no entanto, tornou-se um ícone do indie rock, gravou até mesmo disco de black metal e voltou às origens em 2011 com o disco Ashes & Fire. Lançou álbuns consagrados como o Heartbreaker (2000) e Rock n Roll (de 2003, que contém a bela faixa So Alive) e outros inexpressivos como Gold (2001) e Cardinology (2004). Teve seu nome confundido de maneira constante com o do canadense meloso Bryan Adams

Ryan Adams viveu um caso de amor e ódio com o mercado musical nos últimos anos. Largou a carreira por um tempo e escreveu livros de poesia. Casou-se e descasou-se com a estrela do clichê romântico adolescente Um Amor Para Recordar, Mandy Moore, e, recentemente, se envolveu com outra princesa do pop. Não a levou ao altar, mas fez sua releitura alternativa de 1989 da Taylor Swift – um álbum inteiro de covers do disco da cantora. Uma adaptação meio country-folk, meio The Smiths, tornando as canções suportáveis, audíveis e – olhem só! – até mesmo boas.

Tudo isso nos últimos dezesseis anos.

Continuar lendo Personalidade: Ryan Adams

Westworld

westworld

Um dos principais fatores para o sucesso ou fracasso de uma série é a sua capacidade de provocar [ou não] uma catarse no público que se proponha a assisti-la. Catarse provocada e bem-sucedida, dificilmente ela perde seus espectadores. Para que isso aconteça, é necessário primeiramente que a série tenha um excelente piloto que leve o público a bolar mil ideias e teorias acerca dos intrigantes fatos que o show lançou. Pronto, fisgou o espectador.

Basta lembrar que, após a queda do avião, Lost nos roubou para sempre.

A serie catártica do momento é Game Of Thrones, Mas Westworld, também da HBO, se aproxima mais dos questionamentos de Lost do que dos eventos de Westeros do tio George R. R. Martin.

Continuar lendo Westworld

Uma poltrona macia, um balde de pipoca, alguns discos de vinil, umas revistas da Marvel e um encontro com Tarantino… De tudo um pouco ou nada disso